quarta-feira, 20 de dezembro de 2006

Quero Ser Miriam Leitão. Por Sylvia Ruth

E no pouco que sobrou da capitania de Vasco Fernandes Coutinho...

Em outubro passado, a Comissão de Finanças da Assembléia Legislativa apresentou o relatório para o orçamento de 2007. Tudo bem que faz tempo, mas como o ano já vai começar, é bom comentar o assunto pra saber as quantas andarão nossas finanças. As prioridades do primeiro ano do segundo mandato Hartung devem ser educação, saúde e transporte.

O dinheiro virá do próprio governo, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para as obras do Projeto TRANSCOL III; e Caixa Econômica Federal, para a construção de habitações para a população de baixa renda. Além disso já foram assinados um empréstimo com o Banco Mundial (BIRD) para o Projeto Águas Limpas, e outro com o Banco InterAmericano para o Desenvolvimento (BID) para manutenção de rodovias e investimentos em saúde, sistema prisional e segurança pública.

Somando todos os investimentos, o governo deve gastar mais de 10 bilhões de reais (R$ 10.020.263.650,00) no ano que vem. Mas o melhor é a maneira como este dinheiro foi partilhado. O orçamento foi elaborado por meio de 12 audiências públicas, uma em cada microrregião do estado e mais uma em Vitória. Foram mais de 1500 sugestões. O importante é dar a oportunidade para o povo se sentir parte fundamental do processo de priorização de projetos, de modo que o governo trabalhe verdadeiramente em função dos cidadãos.

Daslu se fu

Saiu o veredicto sobre o esquema de sonegação fiscal na Meca do luxo brasileira. A Daslu foi autuada em R$ 236.371.942,45 referente a impostos que não foram recolhidos de 2001 a 2005, somando juros e multas.

A líder da quadrilha, digo, butique... Dona da butique Eliana Tranchesi e seu comparsa, digo, irmão Antônio Carlos Piva de Albuquerque, formaram um esquema de esquentamento de notas falsas para burlar a Receita. Mas no ano passado o esquema foi descoberto e os Irmãos Metralha chegaram a ser presos, por 1 dia.

Bom, mas a eles ainda cabe recorrer em duas instâncias na Receita Federal, a primeira na Delegacia de Julgamento e a segunda no Conselho de Contribuintes e, caso eles ainda achem que alguém pode ajudá-los, cabe recurso na Justiça Federal.

Na semana passada a Daslu divulgou uma nota assinada pela trambiqueira Eliana Tranchesi no site da loja, em que dizia que eles estavam sendo caluniados e pediam a compreensão de seus clientes, para quem eles sempre buscam o melhor e tal. Então tá né.

E a última

Hoje a Coca-Cola e a Femsa anunciaram a possível compra de 100% da mexicana Sucos Del Valle por cerca de US$ 470 milhões. É, depois da Sucos Mais e da Minute Maid mais uma vai para a maior do mundo.

Caso a transação se concretize, a Coca-Cola se tornará a maior empresa de sucos na América Latina. Veremos.

5 comentários:

BruneLLa França disse...

E no pouco que sobrou da capitania de Vasco Fernandes Coutinho...
Valeu pelas informações Sylvia! mto legal saber o q tá rolando na organização do próximo governo Hartung! Sorte p ele! torço p q ele possa gerir nosso estado com responsabilidade e ousadia! O Espírito Santo merece!
Só uma dica: ele deveria priorizar investimentos em turismo! Nosso Estado é tão lindo, tão rico, tão diverso!

Daslu se fu
Batendo palmas!!!! E viva a Justiça Brasileira - ainda q ela precise de uma boa reformulação!

E a última
A Cola Cola Co. está mesmo a fim de produzir sucos... já estão de olho nessa moda de vida saudável e tals... com a queda na venda do refrigerante, eles já serão tbm os donos do mercado de sucos... bem, quem pode, pode!

mau disse...

essa parada da Coca-Cola não constitui monopólio não? é será que não tem nenhuma regra que impessa que um único grupo seja dono da parada toda?
sei lá, com a falta de concorrência, quem perde somos nós consumidores.

Carol disse...

ei, eu nao axo bom a coca cola sair comprando td por ai naun...daki a poko a gente q se fu...
cade a diversidade, meus amigos??
e o melhor, cade a grandes empresas brigando feito caes por novos consumidores?? eu quero ver sangue, minha gente!!
parabens pela coluna, mto util...

Sylvia disse...

Bom. A compra precisa ser aprovada por órgãos que observam exatamente se a compra não vai afetar a livre concorrência do mercado.

Mas se os representantes da Coca-Cola conseguirem convencer esses órgãos de que não existe ameaça nenhuma, não tem problema.

Eles querem fazer uma terceira empresa depois da compra. Esta é uma maneira de burlar a parada do monopólio.

Simone Azevedo disse...

Com essa da coca cola a gente vai se fu.sem concorrência, quem garantirá preços justos e boa qualidade?