domingo, 3 de dezembro de 2006

Amarra Experimental por Natasha Siviero

Se ainda tivesse hímen poderia começar a história como a escritora, mas desde que conheci Rodolfo só posso dizer que acordei com dor de cabeça. E foi assim que acordei. Com dor de cabeça pesada de ter chorado a noite inteira.
E ele ali, esperando burocraticamente eu acordar para me avisar o que eu já sabia. Havia tempo, quase três semanas que ele terminara comigo, mas por puro egoísmo-e se não foi egoísmo foi covardia, resolveu me avisar naquela segunda-feira de chuva.
Não era que estava terminando, ia voltar, só precisava ficar um tempo sozinho. E que eu não me sentisse culpada, tinha sido perfeita. Ainda se eu soubesse o quanto ele me adorava... Mas ele precisava ir. E tampouco, ele, era culpado. Foram os astros, Rodolfo não acreditava em destino. Os astros, era certo.
Não quis me deixar ir embora, não antes de ter certeza que eu ia chorar. Me deu um pouco d`água e ficou ouvindo sádico o barulho dos meus dentes batendo no copo.
Pois deixei ele me ouvir chorar por cinco minutos cronometrados e só. Depois engoli as lágrimas salgadas da pipoca que acompanhou a comédia romântica de domingo.Eu não acreditei mesmo que o final era feliz.
Fui para casa escrever a matéria do jornal. A sugestão dele era que escrevesse sobre relacionamentos. Isso não faria. Era tão óbvio. E, além disso, eles achariam que sou uma mocinha piegas. Pois não sou mocinha, desde que conheci Rodolfo.




Natasha é estudante de jornalismo,não se importa com a regra do pronome oblíquo e escreve literatices aos sábados

16 comentários:

BruneLLa França disse...

TaSha!!!!!!! putz... q honra ser a primeira a comentar sua coluna!!!!
acho q a estréia do blog non poderia ter colunista melhor, mais competente, e dona d texto mais interessante!!!!
Amei o texto... Amarra experimental é imperdível!!!!!!!!

Gaby disse...

Natasha!
adorei o texto!
um ótimo começo para o blog..
=D

Aline Dias disse...

Pois é, mocinha piegas.
eu gostei do texto
e dos bastidores!

Anna K disse...

iraddooo!!!!
\o/
ameeiiiii!!!!
por 5min eu achei q tinha acontecido msm, ateh vc me falar no msn q nao tinha x.x"
cabo com td a minha ilusão =P
uhuahahau
=P
continue assim moçaa!

Roberta disse...

simplesmente fodaaaaaaaaaaaaaaaa
tashinha vc manda mto bem!!
pelo visto o blog vai ser um sucessoooo
bjinhos p/ tds!!

BruneLLa França disse...

Arrasou Tashinha!!!!!!!

Damiana disse...

Pow texto bem interessante Natasha, adorei!!!
Espero q o blog prospere, ja to torcendo \o/
Bjus a tds... e boa sorte aew!!!

Haroldo para comentar! disse...

Entãoooo,
amei o texto!
EM vez de ficarmos com rasgação de seda nao damos dicas sobre o que poderia melhorar no texto?
Quem que tá no blog, os componentes?
Deixa eu participar!
Vai olink do meu blog:

www.haroldolima.wordpress.com

hum
até
=]

Jornalismo Incompetente disse...

Pronto, agora os comentários estão liberados pra todo mundo!

Marcela disse...

Adorei o texto!
O blog tem sucesso garantido.
Parabénssss Natasha.

:)

:**

Amiga da Chan [Sylvia] disse...

Achei que fosse real, até ler um comentário daqui que dizia que não era...
Ficou foda ^^
Sucesso pra vcs
^^

Mau disse...

Isso aí Tashinha!!! períodos concisos, com poucas e essenciais vírgulas... boa estória! parabéns!
acho que começaram bem!

Anônimo disse...

achei que fosse real !!!!!!muito bom !!!!!!
palmas para a nossa blogger tashinha!!!!!!!!

Anônimo disse...

anonimo ñ sou eu, seu editor!!!!!!!!!!!!!!
arcanjo!?
aqui é mais aqui é mais agussado!
a proposito esse tcld ñ tem cedilha!!!!!!!!

Spidey disse...

caraca. natasha, manda mto bem. tinha q ser minha amiga né não?! lindona, inteligente e, ainda por cima, lindona.

=D
Sucesso

Luiz Eduardo disse...

Pô Rodolfo, magoa a menina não...