terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Futebol Capixaba em Foco.

As equipes do interior exigem respeito!

O jogo entre Atlético Colatinense e Serra, realizado no Estádio Municipal Justiniano de Melo e Silva em Colatina, às 20h30min do dia 15 de janeiro, fechando a primeira rodada do Campeonato Capixaba foi eletrizante do início ao fim. As duas equipes investiram alto em comissões técnicas e contratações de jogadores e entraram em campo cientes de que tem chances reais de disputar o título do Estadual. Em campo, o que se viu foi um jogo digno de uma final. O jogo terminou empatado em 1x1.

Mas, é com pesar que se constata o menosprezo da Federação Capixaba de Futebol pelo trabalho das equipes do interior do Estado. A arbitragem da partida foi, no máximo, lamentável. O senhor Jonas Rice não tinha um mínimo de preparo técnico nem psicológico para arbitrar a partida. O menor contato físico entre jogadores era apitado como falta. Teve-se a clara sensação de que o árbitro desconhecia regras básicas do futebol.

Além disso, a constante pressão dos jogadores do Serra, de estatura elevada e grande força física, intimidou o árbitro. Sem pulso para se impor, o clima esquentou dentro de campo. As faltas ficaram mais duras e constantes. O que se viu a partir daí foi a utilização de dois pesos e duas medidas pela arbitragem. Pelo Serra, poucos jogadores levaram cartão amarelo, algumas faltas fortes, desrespeitosas, nem apitadas foram. Já pelo Colatinense, dois jogadores foram expulsos. Um em circunstancias obscuras e outro numa falta boba, que bastaria a presença de um árbitro enérgico para contornar a situação.

Mas isso não é tudo. Com um jogador a menos, aos 40 minutos do segundo tempo, o atacante Maicon do Colatinense deu um drible, um chapéu lindo em seu marcador e, quando ia marcar o gol – que daria a vitória à equipe de Colatina, foi derrubado acintosamente por dois defensores do Serra dentro da área e só a arbitragem não viu o pênalti!

Ao comentar o lance, o treinador do Colatinense Marcos Magalhães disse que o árbitro não assinalou o pênalti porque se assim o fizesse, “apanharia dos jogadores do Serra”. A atuação do senhor Jonas Rice pode ser classificada como a de um soprador de apito.

Essa falta de respeito da Federação com os clubes de fora da Grande Vitória tem que acabar e já! Por que só os times da Grande Vitória têm direito a árbitros do quadro da CBF em seus jogos enquanto os demais times servem de laboratório para árbitros desconhecidos e sem preparo?

Os custos para se colocar um time em campo, desenvolver um trabalho sério são bastante altos. Esse investimento merece um retorno da Federação Capixaba de Futebol. E o problema com a arbitragem ineficiente não é novo. O descaso aos clubes do interior acontece todos os anos.

Enquanto os clubes trabalham para profissionalizar o futebol capixaba, a Federação parece fazer questão de continuar com um futebol amador, sem expressão nacional. Isso é revoltante para quem se esforça em ter equipes capixabas disputando campeonatos nacionais com chances de surpreender e vencer. Hoje, as equipes do Espírito Santo não conseguem passar da primeira rodada da Copa do Brasil, sequer passam da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro.

Fica registrada a revolta, a frustração com o tratamento amador que a Federação Capixaba dispensa às equipes de fora da Grande Vitória. Fica registrada a exigência de uma mudança urgente nesse comportamento que desmerece os trabalhos sérios realizados pelo clubes.

O torcedor espírito-santense merece um campeonato estadual bem estruturado, bem disputado, como os clubes estão dispostos a realizar. Mas, por enquanto, a Federação Capixaba de Futebol não está trabalhando para isso.

Respeito, compromisso e seriedade. É o que se espera de uma Federação de Futebol. Infelizmente, a do Espírito Santo está longe de trabalhar assim.



*Obs.: quem puder divulgar esse texto, faça-o!

4 comentários:

mau disse...

endoço o coro contra o descaso da federação!
porcamente amadora, e sem nenhum sinal de mudanças. por essa causa, a cada ano que se passa, vemos maior o abismo do futebol capixaba.
...................................


Vila Velhense rumo ao título estadual!

Valdecir Rondelli disse...

Tambem concordo que a cada ano que se passa, vemos um abismo maior para o futebol Capixaba.

Eu tenho vergonha de um dia ter torçido para o (( CTE de Colatina/ES )), e olhe que sou Colatinense deste 1956. O SR EDIMILSON (RATINHO) e seu IRMÃO (EUZÉBIO), fizeram a maior PILANTRAGEM com minha mãe: (DEJANIRA BARBOSA RONDELLI) de praticamente 80 anos de idade. Usaram DOIS imóveis dela por um período de MEIO ANO, para abrigar os JOGADORES DO CTE DE COLATINA. E ainda ao lado deste imóvel minha Esposa (Maria Regina Ronquetti dos Santos), tem um restaurante caseiro onde os JOGADORES COMERAM, BEBERAM "com muita fartura por sinal" NESSE MESMO PERÍODO de 06 meses aproximadamente ((SEM PAGAR E AINDA FICAM CORRENDO SE ESCONDENDO E MENTIRAS ATRAS DE MENTIRAS )). E no final da História foi parar no Forum de Colatina-ES, e lá alegaram ou decretaram (( FALENCIA )). MAIS VEM CÁ.... FALENCIA ??? FALENCIA DE QUE ?? O CTE NÃO SE ENCONTRA EM ATIVIDADES PROFISSIONAIS NORMAIS ?? COMPRAM E VENDEM JOGADORES E AI... ???
Os dois mesmos PICARETAS não estão no comando do CTE-MARILANDIA ??

-->ISSO PARA MIM SE CHAMA ""PILANTRAGEM COLATINENSE A LÁ CTE"".

(( PICARETAGENS DESTE TIPO QUE CONDUZ O FUTEBOL CAPIXABA PARA MAIS FUNDO NA LAMA )).

==>CUIDADO AI EM MARILANDIA, EDIMILSON E ELZÉBIO NÃO COSTUMAM PAGAR O QUE DEVEM HEIM...

-->Caso isso não seja resolvido estou totalmente motivado a fazer uma consulta a vários setores/órgãos de Brasilia-DF. Inclusive do Govêrno Federal.

-->IMPORTANTE: Estou munido de documentação para provar se necessário tudo o que foi dito acima e muitooooo mais coisinhas...

VALDECIR RONDELLI - COLATINA - ES
(21 JANEIRO 20008 as 23:04 horas) E-mail:
valdecirrondelli@yahoo.com.br

Valdecir Rondelli disse...

CTE SOBREVIVE DE GOLPES A VIUVAS ?

http://futebol.capixaba.zip.net/

Anônimo disse...

Só uma pergunta. Quem elege a administração do futebol capixaba?
Quem coloca essas pessoas lá dentro??
E como podemos tirá-las de lá???