quinta-feira, 19 de abril de 2007

Ave Franklin! Por BruneLLa França.

Sobre a luta do ano - Diogo Mainardi X Franklin Martins - que ganha rounds cada vez mais emocionantes, somente duas palavras e um gesto: Ave Franklin!!! *reverencia*

Entendendo o caso:

O histórico do conflito entre Mainardi e Martins remonta ao Tribunal Macartista Mainardiano[www.comunique-se.com.br/conteudo/newsshow.asp?Requery=N&idnot=25298&editoria=8], mencionado na coluna "Observatório da Imprensa" na edição de 05/12/05 de Veja, onde o colunista acusa diversos jornalistas, inclusive Franklin, de ligações com o PT. Em resposta[www.comunique-se.com.br/conteudo/newsshow.asp?Requery=N&idnot=25317&editoria=8], Martins afirmou ao Comunique-se que “Ele tem todo o direito de falar o que quiser. Acho que jornalista não é notícia”.

Em 19/04/06, no texto “Jornalistas são brasileiros”, Mainardi foi além, acusando alguns jornalistas de frouxidão moral[www.comunique-se.com.br/conteudo/newsshow.asp?editoria=8&idnot=27777] e Franklin Martins de exercer tráfego de influência para colocar tanto sua esposa quanto seu irmão em cargos importantes. Foi a primeira menção a Ivanisa. Em resposta, Franklin enviou para a Abril e para o Comunique-se seu "Desafio a um difamador”[www.comunique-se.com.br/conteudo/newsshow.asp?editoria=237&idnot=27790], onde afirmava que se Mainardi apresentasse um único senador que confirmasse que foi pressionado pelo jornalista, ele abandonaria sua carreira, mas que, caso não conseguisse, seria o colunista que deveria abandonar a sua.
O desafio não foi aceito, mas Mainardi voltou à carga na edição seguinte, de 26/04/06. Em “Franklin, o "conceituado"”[www.comunique-se.com.br/conteudo/newsshow.asp?editoria=237&idnot=27956], escreveu “Eu sei que Franklin Martins jamais pediu algo a um senador. (...) Foi-lhe oferecido. Ele simplesmente aceitou”. No mesmo texto afirmou que Martins participou da quebra de sigilo do caseiro Francenildo Costa, no caso que derrubou o ex-ministro Antonio Palocci.

Segundo o próprio Franklin, pela recusa da Abril de publicar seu desafio nas páginas de Veja, Martins entrou com processos criminais contra Mainardi e a editora, que seguem na justiça. Pouco tempo depois, o jornalista foi demitido da Rede Globo e, em mais de uma entrevista, afirmou que acredita haver ligações entre as colunas de Mainardi e seu desligamento da emissora, o que é negado pela Globo.

Já este ano veio “Minha pastinha implacável” e, finalmente “A esposa de Franklin Martins”, onde Mainardi afirma ser o responsável por Franklin ter saído da Globo e, conseqüentemente, por sua nomeação como ministro.

Franklin Martins não foi encontrado para comentar o último texto de Mainardi. (o q é uma pena... doida p saber o q o mestre - ave ele! - tem a dizer)
Franklin vence batalha judicial contra Mainardi
Saiu no Comunique-se[www.comunique-se.com.br/conteudo/newsshow.asp?menu=JI&idnot=35777&editoria=8]:

Franklin Martins venceu em primeira instância o processo que move contra o articulista da Veja Diogo Mainardi. Em sua coluna de 19/04/06, Mainardi afirmou que Martins realizou tráfico de influência para conseguir cargos públicos para sua mulher e seu irmão e relacionou o jornalista à quebra de sigilo do caseiro Francenildo Costa. O juiz Sergio Wajzenberg da, 2ª Vara Cível do Rio de Janeiro, entendeu que a intenção de caluniar e difamar ficou patente nos textos e determinou o pagamento de R$ 30 mil ao jornalista.

Franklin, que assumiu há pouco tempo a secretaria de Comunicação Social da Presidência, com status de ministério, entrou com o processo enquanto ainda era comentarista político da Rede Globo. A contenda entre os dois é longa; Mainardi já escreveu sobre o jornalista em cinco colunas num período de um ano e quatro meses. Por sua vez, além do processo, o ministro também já lançou para o colunista seu “Desafio a um difamador”, que não foi aceito.

Mainardi vai recorrer da decisão judicial e disse ao Comunique-se que só se pronunciará sobre o assunto em sua coluna da próxima edição de Veja.

Franklin Martins aina não se pronunciou, mas estou aguardando ansiosamente!!! (alguém aí teria o telefone dele*.*?)

Um comentário:

BruneLLa França disse...

aguardadno, ansiosamente, o próximo round!!!