sábado, 21 de julho de 2007

O dia do Leitor Por Brunella Wyvern®

Uma poesia com conteúdo, eu diria...Influências da Isolina por aqui... E VIVA O MODERNISMO!!!
Made in Brazil
De uma paulicéia desvairadaum
grito de ruptura
ecoou na arte brasileira.
Escritos à tinta da galhofa oswaldiana
dois manifestos chocaram a sociedade
tradicionalista do parnasianismo.
Os modernistas foram ridicularizado
seram os palhaços da arte nacional
“Tupi or not Tupi?” This was the question!
“Deixar de ser tabu e virar totem!”
As pinceladas de Tarsila transpirando a brasilidade
modulada nos versos de Drummon
deram uma pedra no meio do caminho.
Aquilo não podia ser arte, diziam os acadêmicos!
A ironia, a irreverência, o humor, porém,
chegaram e abalaram as estruturas.
Após toda a euforia do primeiro momento, todavia,
veio a repressão! Com a ditadura varguista, a censura...
E os artistas viraram denuncistas!
A antropofagia cedia às questões sociais
não era possível rir na tortura:
o “sordado” já chegava descendo o cassete
e não adiantava nem pedir “peredoa”!
O Brasil conheceu o Nordeste da seca
e seus muitos Fabianos
Amado e seus capitães da areia foram proibidos
eram subversivos.
Ninguém podia enxergar a realidade
ou corria-se o risco de revoltar-se!
Mas nem tudo era censurado,
podia-se ler Gabriela
a primeira ninfeta puramente tupiniquim!
Afinal, o modernismo também agradava ao ditador.
De repente, uma bomba lançada, um aviso:
a Segunda Guerra estremece o país!
A verdade é que NÃO queremos Vargas
e na eufórica vitória da democracia,
Getúlio também é abatido.
No mundo da literatura, o país elege o seu poetinha:
Vinícius! Cujo nome já inspira melodia.
E na efemeridade de Cecília,
encontramos toda sensibilidade feminina
em versosenevoadasdelures.
E fabricamos assim a arte Pau-Brasil,
tipo exportação!
BruneLLa Wyvern®
*******************************
Hoje o dia do leitor foi da nossa saudosíssima ex-colunista de política, BruneLLa Wyvern. Semana que vem pode ser você, é só escrever para r.arcanjo88@gmail.com.

10 comentários:

BruneLLa França disse...

Isolina, esse texto não existiria sem você!

BruneLLa França disse...

http://www.orkut.com/CommTopics.aspx?cmm=36107065

Pra quem tem orkut e quiser conhecer mais das minhas poesias!

Simone Azevedo disse...

Política e poesia: as duas especialidades da Bru.
Maravilhoso!
Li esse poema 5x. adorei.
não é rasgação de seda. é prazer.

BruneLLa França disse...

Bgda Si!
quem sabe vc não vai ler esse poema mais cinco vezes editado num livro?!
~.^

Simone Azevedo disse...

obaaaaaaaaaaa!
jura?????
vc vai publicar???
poxa, já está na hora!
apoio!

Maria Isolina disse...

Simone, o poema já foi publicado! Cobre da Bru!

Simone Azevedo disse...

Onde, quando, como, por quem e por que?

BruneLLa França disse...

Bem... eu ganhei uma menção honrosa num concurso nacional de poesias c essa poesia e ela está publicada num livro...
Mas qdo eu disse sobre a publicação, referi-me mesmo a omeu livro Si...
Estou pensando seriamente!
Acho q só falta fechá-lo , o q devo fazer nessas férias...
Bem, depois vejo o resto!

Simone Azevedo disse...

Em que livro ela está publicada?
Que bom q vc já decidiu.
Três Vivas para a sua decisão certa.
VIVA!
VIVA!
VIVA!
Anciosa por esse livro.

BruneLLa França disse...

Eu tenho o livro aqui em casa. Qdo voltar p Vila Velha eu levo!

E calma Simone, essas coisas não acontecem num passe de mágicas!