quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Ave Franklin! Por BruneLLa França.

Bem senhoras e senhores...*

E aqui estou eu para falar de futebol! Aproveitando que o Capixabão 2008 está aí, eu tenho umas coisinhas a dizer sobre esse esporte que gosto tanto. Por enquanto não vou falar sobre o Campeonato Capixaba...

Só um recadinho pra provocar os rivais: A GANG ALVI-NEGRA SÓ CANTA PRA VENCER, PEGA UM PEGA GERAL, TAMBÉM VAI PEGAR VOCÊ!

É isso aí!!!!!! Clube Atlético Colatinense... Mal posso esperar para ouvir trilar o apito do árbitro!

Mas... O assunto deste texto é outro. Está ainda no ano passado. Mais precisamente, no dia 17 de dezembro.

**Túnel do tempo**

Na festa de entrega do prêmio dos melhores do mundo pela Fifa só deu Brasil. Tudo nosso!

E é agora que as pessoas poderão atirar suas pedras.

Pois bem... O melhor jogador do mundo, Kaká – eleito com 1047 pontos contra o argentino Leonel Messi (504) e o português Cristiano Ronaldo (426) – fez realmente uma boa temporada. É eficiente no time no qual joga – o Milan da Itália – sabe conduzir a bola, chutar ao gol e se posicionar em campo.

**Já ouço vozes gritando estridentemente o nome do jogador**

Acontece que para mim o Kaká não passa de um jogador eficiente. Eu não vejo nele um craque. Ele joga bem sim, admito, mas meus olhos não brilham ao vê-lo jogar.

**Que atire a primeira pedra aquele que me mostrar uma jogada genial do meio campista do Milan e da seleção**

Dou os parabéns ao jogador por sua eficiência em suas atuações e pelos títulos que conquistou. Porém, não exijam que eu o exalte como um gênio da bola, porque eu não acho mesmo que ele seja um!

**Criando inimizade com a mulherada**

E, por favor, não me venham dizer também com gritos histéricos que o Kaká é lindo. Eu não acho que ele seja nem bonito...

**Pronta para a crucificação**


Majestade da bola

Ok, vocês devem estar se perguntando estão quem seria o rei da bola pra mim. Quem já me conhece um pouquinho sabe exatamente qual será a minha resposta. Mesmo que não concorde com ela.

Na humilde opinião desta amante do futebol, o título de majestade da bola de 2007 só pode ter um dono, ou melhor, dona! É isso mesmo. E o nome dela é Marta Vieira da Silva. Eleita pelo segundo ano consecutivo a melhor jogadora de futebol do mundo pela Fifa. Também pudera, quem iria concorrer com ela?

**Podem apontar concorrentes, porque a minha opinião não é a verdade absoluta**

E, é claro, que para mim o lance mágico do ano foi protagonizado por ela. (Se bem que eu poderia listar bem mais de um).

Semifinal da Copa do Mundo de Futebol Feminino na China... Adversário: Estados Unidos. Momento: 33 minutos do segundo tempo. O que ela fez? Como descrever aquela jogada? Eu não consigo pôr em palavras.

Certa vez alguém muito especial me disse que quando estamos diante de algo absolutamente genial, as palavras tornam-se supérfluas, pois não alcançariam o sentimento provocado em nós. Exatamente isso que eu sinto.

Eu lembro que no dia do jogo eu chorei e não sabia explicar. E continuo não sabendo explicar. E continuo encantada com a jogada da número 10 da seleção. E eu não me canso de assistir.

Para facilitar a vida de quem não viu o lance – em que planeta estava? –, de quem se lembra vagamente e quer ver de novo ou de quem – como eu – não cansa de olhar a majestade em ação, aqui vai o link pra ver e rever quantas vezes quiser.

O primeiro tem uma ediçãozinha legal, com dois lances até e ao som de Brasileirinho – nada mais brasileiro que o futebol arte da Marta.

http://www.youtube.com/watch?v=XTKWximgBDs

O segundo é a jogada do gol de todos os ângulos pra quem quer ter uma aula de como fazer um gol inesquecível, arte com abola nos pés e drible desconcertante na zaga – e tudo isso em apenas uma lição!

http://www.youtube.com/watch?v=Iba7RiOuvEQ&feature=related

Então que venha a temporada 2008 de futebol. E esse ano tem Olimpíadas! Pequim está quase pronta para receber o maior espetáculo esportivo da Terra!

E a seleção feminina estará lá com sua majestade. Quando ela estiver em campo só me resta fazer reverência! Depois dos vídeos acima mais alguém ainda tem dúvida se vai acordar ou ficar acordado de madrugada para ver os jogos da seleção feminina de futebol???

Eu não me canso de olhar... E fico torcendo para que outros gols e lances como esse aconteçam de novo e de novo e de novo. Marta, a Magnífica... Como não tenho palavras para ela, deixo então que ela mesma fale com a bola nos pés!



*O título desta coluna é uma homenagem a quem me ensinou sobre futebol: meu pai!

Alcenir Coutinho (narrador de vanguarda do rádio esportivo capixaba, o garotinho): Para fazer o balanço do jogo aí vem ele, o comentarista de peso, Laerte França.
\o/

Vinheta: Tá gostando, Lalá?

Laerte França: Bem senhoras e senhores...


ATENÇÃO BOLEIROS CAPIXABAS, VAI COMEÇAR A FARRA DE GOLS DESTE ANO!!!
Campeonato Capixaba 2008 - 1ª rodada

Sábado - 12/01/2008
16:30 - Linhares X Serra, no Estádio Joaquim Calmon
16:30 - CTE X Vilavelhense, em Santa Teresa
18:00 - Jaguaré X Pinheiros, no Estádio Conilon

Segunda-feira - 14/01/2008
20:15 - Clube Atlético Colatinense X Rio Branco, no Estádio Justiano de Melo e Silva

Quarta-feira - 16/01/2008
19:30 Desportiva X Rio Bananal, no Estádio Engenheiro Araripe

QUE VENHAM OS GOLS E QUE O ESPETÁCULO ACONTEÇA TAMBÉM NAS ARQUIBANCADAS!

11 comentários:

Jaider Manoel disse...

Olá Brunella, achei interessante as suias obervações sobre os premiados da Fifa. Mas acho importante destacar alguns detalhes. O prêmio da Fifa não é destinado ao melhor jogador do Mundo, e sim ao jogador de maior destaque no ano. Somente assim podemos aceitar que o Cannavarro tenha vencido em 2006 (capitão da seleção campeão do mundo, capitão do time campeão italiano, responsável por uma tranferência mais comentanda daquele ano - Juve/Real).
Em 2007 nenhum jogador se destacou mais que o Kaká, já que ele é o melhor jogador do time que conquistou os principais titulos do ano. O importante para a Fifa são as conquistas durante o ano. Pode ter certeza, em ano de Copa do Mundo,quem ganha o prêmio é o destaque do time campeão, e nos demais ano e o destaque da Copa do Campeões da Europa...
Caso o prêmio fosse realmente para o melhor do mundo, todos os anos, desde 2004, o vencedor deveria ser o Ronaldinho Gaucho (ninguém no mundo joga melhor que ele, apenas esta numa má fase), assim como todos os prêmios de 98 até 2003 deveriam ter sido do Zidane e por ai vai...
No mais, parabéns pela coluna

felipe disse...

Sobre seu post no blog concordo com você o Kaka é um jogador classico mais nada fenomenal, não tem diferencial para se tornar um mito...Porém é vencedor.
A marta é um mito mas sofre a concorrência da alemã, que pra mim é o Kaka de saias, eficiente e vencedora...

Nem sempre ser um mito é ter resultado..
então fiquemos assim:
Kaka e a Priss são craques eficientes
Marta e Dentuço gaúcho sao craques classicos ou fantásticos...

Simplificando
Eficiencia 2 x 0 fantasticos.

BruneLLa França disse...

Jaider, concordo com suas considerações sobre prêmio concedido pela Fifa. A premiação é para o jogador de destaque do ano e, ano passado, o Kaká foi o mais eficiente.
Mas continuo dizendo, eficiente. E apenas isso.
O que ele faz, faz bem, mas não tem nenhum brilho especial, aquele magnetismo dos chamados craques, como os dois que você citou: Ronaldinho Gaúcho e Zidane.

Felipe, eu não acho que a Marta seja um Kaká de saia. Ela tem o algo mais q falta a ele para ser considerado um craque.
O Kaká não faz as jogadas que a Marta faz. E as jogadas nascem espontâneas nos pés dela.
Concordo que a atacante da seleção alemã Birgit Prinz seja muito competente. Agora ela está longe de ter a habilidade de bola que a Marta tem.

O futebol tem seus gênios, como outros campos têm os seus. E eu colocaria a Marta e o Gaúcho nessa categoria, se é pra classificar.

Enfim, esse ano tem mais jogos, campeonatos e polêmicas para acompanhar!

BruneLLa França disse...

Eu vi essa frase, acho, na final do Pan do futebol feminino...

"NÃO VI PELÉ, MAS ESTOU VENDO A MARTA"

Algum torcedor exaltado?
Bem... ela tem só 21 anos... Ainda a veremos - espero e torço eu - mais algumas vezes...

fabio disse...

Caros boleiros,
Parabéns pela análise e pelas observações. Mas devo discordar quando dizem que o Kaká é um jogador eficiente. Vá lá dizer que o moço não é um mito. Agora que ele tem algumas qualidades que podem transformá-lo num dos grandes nomes da história do futebol, isso tem. Talvez a liderança seja algo que ainda falte. Tornar-se um verdadeiro capitão. Comandar o time em campo e fora de campo. Mas acho que a fama de bom moço não deixaria assumir tal posto, uma vez que os líderes colecionam inimigos.
Quanto à Marta... nada a declarar. Fico com o cartaz panamericano e com as lágrimas da autora do Blog.
Feliz 2008 para todos e sucesso nas colunas. Estarei atento e comentando. Bjs
Fabio Goveia

BruneLLa França disse...

*-*

mau disse...

reverência a Marta!

caso Kaká - só para colocar mais um ingrediente nessa discussão:
talvez o diferencial que vocês procuram no kaká seja sua simplicidade. para ele, tudo aquilo que faz flui facil, na mais perfeita tranquilidade. ele, pra mim, é um jogador clássico(joga de cabeça em pé e encherga o jogo), com uma pitada de jogador atual(força física - não exagerada)...pra mim, 2007 teve como jogador mais eficiente e o melhor o mesmo nome = Kaká.

Natasha disse...

É, bem, hum...

Depois de uma certa demora para postar. E dizendo à Bru que eu nem sei escrever direito, vim falar um pouquinho da minha opinião sobre o super valorizado Kaká.
Eu o acho uma máquina, apenas isso. Ele faz o que o Carlo Ancelotti manda, apenas isso. Ele corre bem? Corre, mas não tem ginga. Ele arma bem? Arma, mas não tem a malícia. Chuta bem? Chuta, mas não tem o jeito do drible. Não gosto do tipo de jogo dele, não acho que ele merece estar na seleção e nem ter sido o destaque do ano. Ele está longe de ser um padrão. Sem contar o fato de ser da religião que desviou e lavou milhões e que ainda sim leva milhares de pessoas ao fanatismo. Mas isso não vem ao caso.
Ele pra mim é como qualquer um. Não é bonito, não é gostoso, menos ainda um bom jogador.
Ele pra mim é um plebeu, salvemos a Rainha Marta!
Mulher Majestade, força, raça e ginga. Olhar de jogo é com ela mesma. Ela serve de bandeija as companheiras, ela é matadora.
Ela sim é um ser humano, não uma máquina comandada.
Kaká vence, porém, Marta brilha!

Natasha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
BruneLLa França disse...

"Kaká vence, porém, Marta brilha!"

e depois ela me diz que não sabe escrever...
ai ai...

Tarraxinha, eu te amo forvermente!!!

_O_

BruneLLa França disse...

SÓ UM RECADINHO PRA GALERA AQUI DO ES:

BOTA PRA QUEBRAR, BOTA PRA QUEBRAR, BOTA PRA QUEBRAR, A TORCIDA JOVEM DO COLÁ!!!
VEM Q TEM!!!
GANG ALVINEGRA, É PANTERA, É RAÇA, É NÓIS!!!