sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Ave Franklin! Por BruneLLa Wyvern.

Enfim, Renan Calheiros(PMDB-AL) entendeu que é persona non grata no Senado.
O senador anunciou quinta-feira, 09 de outubro, o seu afastamento por 45 dias do cargo de presidente do Senado brasileiro, na seqüência de seu envolvimento numa série de denúncias de corrupção.

"Com este meu gesto, que é unilateral, preservo a harmonia do Senado, deixo claro o meu respeito pelos interesses do país, e homenageio sem dúvida as altas responsabilidades das funções que exerço", afirmou o senador. Um pouco tarde demais, hein, sr. Calheiros.

Nesse ínterim, além de pulador de cerca, latifundiário, vendedor de gado para o além, dono de rádios e favorecedor de cervejaria, o personagem principal da novela Renan assumiu mais um papel: espião!

No mês passado, Renan Calheiros chegou a ser absolvido num julgamento realizado pelos senadores de uma denúncia em que era suspeito de ter recebido recompensas de uma empresa de construção (o gosto amargo da pizza gigantesca ainda não assentou).

O presidente do Senado, no entanto, ainda é investigado em outras quatro denúncias de corrupção. Numa delas, como suspeito de comandar um esquema de arrecadação ilegal de recursos em ministérios controlados pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), aliado do presidente Lula.

O prolongamento da crise política e a paralisação dos trabalhos ordinários do Senado preocupavam os aliados de Lula, que temiam não aprovar matérias de interesse do Governo ainda este ano. Uma delas é a prorrogação da cobrança de 0,38%o de toda operação bancária, a chamada Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). A autorização do Congresso para o recolhimento da CPMF termina em dezembro deste ano, mas Lula quer prorrogá-la até 2011.


Enquanto isso, entediado com sua vida de governador do Distrito Federal, sem mais nada para fazer, o sr. José Roberto Arruda (DEM) resolveu demitir o gerúndio! O.o

O inusitado decreto, que tem quatro linhas em quatro artigos, foi assinado pelo governador Arruda no dia 28, a última sexta-feira. O documento é claro logo em seu artigo primeiro: "Fica demitido o gerúndio de todos os órgãos do Governo do Distrito Federal". E o artigo segundo do decreto continua firme no ataque ao tempo do verbo, ligando-a à deficiência verificada no serviço público: "Fica proibido a partir desta data o uso do gerúndio para desculpa de ineficiência".

Curioso, é que o texto seguiu o padrão de todos os decretos e estabeleceu, em seu artigo quarto, o lugar comum "Revogam-se as disposições em contrário". Não se tem notícia de que algum decreto anterior tenha obrigado o uso do gerúndio nas repartições do Distrito Federal.

Mas é cada um que me aparece...
AFF!!!

Para quem quer se inteirar das diferenças gritantes existentes entre a correta utilização do gerúndio e a praga do gerundismo, recomendo este site: http://kplus.cosmo.com.br/materia.asp?co=104&rv=Gramatica

Agora pausa na política.
VOU FALAR DE NOVO DE FUTEBOL!
É QUE MERECE DESTAQUE A LISTA DAS INDICADAS AO PRÊMIO DE MELHOR DA FIFA DESTE ANO!
Na lista oficial, figuram os nomes de quatro jogadoras brasileira (superando os homens, que contam com três brasileiros na lista - Juninho Pernambucano, Kaká e Ronaldinho Gaúcho). Daniela Alves, Cristiane e Formiga entram na lista ao lado da atual melhor jogadora do mundo, Marta*-*.
O resultado será conhecido dia 17 de dezembro. Mas a torcida já fica de prontidão desde já. Dizem alguns 'entendidos' do futebol que a atacante alemã Prinz (que fez o primeiro gol do bicampeonato das alemãs esse ano) é a maior adversária das brasileiras. Não sei não.
Por mim, empatavam as quatro brasileiras em primeiro lugar!!!
Discorde quem quiser!