domingo, 5 de outubro de 2008

Ave Franklin! Por BruneLLa França.

Em Colatina, a competência venceu o dinheiro

A chapa Leonardo Deptulski e Cirilo de Tarso (PT / PV / PPS / PMN / PMDB / PTB) começou a campanha com modestos 4% de intenção de voto. Hoje, dia 5 de outubro, alcançou 47.82%, segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES). Uma virada não esperada pelo candidato da outra chapa, Paulo Foletto (PSB / PSDB / PTC / PP / PSC / PR / PSDC), que começou a campanha com mais de 50% das intenções de voto.

Derrota não esperada também pelo governo do Espírito Santo. Apesar de o PMDB apoiar
a candidatura de Leonardo (PT) em Colatina, o candidato do governador Paulo Hartung (PMDB) era Foletto (PSB).

A figura central na vitória da coligação Colatina no Rumo Certo não veio do Palácio Anchieta nem do Senado Federal. A figura central na eleição de Colatina foi o atual prefeito, Guerino Balestrassi (atualmente sem partido).

Fiel ao projeto político traçado para o município, Guerino não apoiou a candidatura do atual deputado estadual, Foletto, à prefeitura de Colatina. Ele sabe o quanto é importante ter representatividade na Assembléia Legislativa do Estado para dar suporte ao plano de desenvolvimento estratégico da cidade.

Mas Guerino também sabia da competência de Leonardo para administrar Colatina. Deptulski foi o Secretário de Planejamento durante o primeiro mandato de Balestrassi (2000-2004). E depois entrou como vice no segundo mandato do atual prefeito (2004-2008).

O plano de desenvolvimento sustentável de Colatina 2000-2025 foi elaborado sob a coordenação de Leonardo, então secretário. As obras, as melhorias na infra-estrutura somadas à transparência e à ética da administração recolocaram a cidade na rota de investimento de grandes empresas e devolveram a Colatina posição de destaque na logística da economia do Espírito Santo.

Sob o governo de Balestrassi, a educação municipal ganhou destaque. Guerino, por suas ações sociais, ganhou da Unicef o selo de reconhecimento de Prefeito Amigo da Criança. Em 2004, com o projeto de inclusão social de ex-detentos, a Prefeitura Municipal de Colatina (PMC) ganhou o Prêmio Direitos Humanos, promovido pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos do Governo Federal. No projeto de recuperação da Bacia do Rio Doce, o atual prefeito foi eleito por aclamação pelos outros prefeitos do Estado, nas duas eleições, para assumir a presidência do conselho que gerencia os trabalhos no Espírito Santo.

Esses são só alguns exemplos do que a atual administração fez por Colatina. Nossa cidade estava abandonada. A prefeitura, loteada por políticos que se preocupavam muito mais com suas carreiras e seus parentes do que com a população do município. Guerino se candidatou como uma alternativa a velhas práticas políticas na cidade. Venceu. E, por sua competência, convenceu os eleitores a lhe darem um segundo mandato.

As obras feitas, as melhorias no sistema educacional do município, na saúde e em todas as áreas são a parte visível do que foi feito e está sendo feito por Colatina. Mas o maior legado de Guerino, o Guerreiro, é ter devolvido à população do município o orgulho de ser colatinense. Balestrassi foi, portanto, a peça fundamental na vitoriosa campanha de Leonardo e Cirilo.

Foletto, por sua vez, fez ataques pessoais ao atual prefeito, mas se mostrou incompetente para conquistar a confiança da maioria da população. O candidato dispunha de muito mais dinheiro, fez uma campanha rica, com grandes patrocinadores. O deputado tinha ainda o apoio declarado do Palácio Anchieta. Tanto de Hartung, quanto do possível candidato a governador em 2010, o hoje vice, Ricardo Ferraço (atualmente sem partido).

A princípio, a vitória do PT em Colatina não é uma derrota do governo do Estado. Apenas a princípio, numa leitura rasa. Analisando o novo desenho político do Espírito Santo, nasce, das prefeituras, uma potencial força de oposição ao governador. A coalisão partidária que deu dois mandatos a Hartung não se manterá em 2010. Dois cenários de oposição são possíveis. Um com uma candidatura do PT, que sai fortalecido com os resultados das eleições – fazendo eco ao cenário nacional –, e outro com uma coalisão contrária às forças do governo atual.

Se antes das eleições municipais era quase certo que o próximo governador do Espírito Santo sairia de uma reunião numa salinha do Palácio Anchieta, hoje, é fato, essa certeza não existe mais.


Resultado das eleições Colatina 2008 - votos válidos
Leonardo (PT) 47.82%
Foletto (PSB) 41.03%
Josias da Vitória (PDT) 7.82%
Décio Rezende (PSOL) 3,33%

Fonte: G1.

9 comentários:

Pétala disse...

Guria, tu mandou benzaço na análise política. E se tu disse que o que ganhou era o melhor, eu assino embaixo!
Beijos Bru!

AnneOZ disse...

Boa matéria, Bru. E eu aqui comemorando a vitória dos meus candidatos!
Bjo
Dani

Suzana disse...

Bru, ahazô! Vc resumiu perfeitamente o drama dessa campanha e incrível como nossa visão bate sobre a política de nossa cidade.

Como sempre, mt orgulho de vc, e feliz pelo resultado aqui... agora é ficar alerta e cobrar de nossos eleitos.

Murillo Leal Humorista disse...

Temos uma cientista politica por aqui!

PArabens viu?!

voltarei aqui!

http://murilloleal.blogspot.com/

Cadinho RoCo disse...

Em Belo Horizonte iremos para o segundo turno e tal como fiz volto a manifestar propósito de anular meu voto e difundir importância do voto nulo pela dignidade em face do que acontece com o atual cenário político nacional.
Cadinho RoCo

Elza disse...

Bru,
Foi a vitória do tostão contra o milhão. Os aliados palacianos combinaram tudo entre eles mas esqueceram de combinar com o elitor...
bjos

Anônimo disse...

Olá    Gostei muito...   Parabéns    http://arte-e-ponto.blogspot.com      Carla

Mar Profundo disse...

Olá, venho dar a conhecer o meu novo blog, apos alguns dias para ficar tudo bem decidi começar com ele, espero que goste de o visitar e que faça parte dos seus favoritos... com o tempos darei a conhecer o que gosto de fazer - Escrever..

Beijos e boa visita.

http://marprofundo.mine.nu

Carla Silva e Cunha disse...

ola

É sempre com prazer que por aqui passo e lhe garanto que voltarei.

bem haja

carla

http://www.arte-e-ponto.blogspot.com